linha & finas

Acompanhe aqui as noticias mais significativas sobre badminton

Leia tudo numa só página, as "noticias" e os "cartoons". Participe...enviando-nos noticias de badminton da sua Região, Clube ou Associação, que estas serão publicadas para uma maior divulgação da modalidade. e-mail : linha.boto@gmail.com

Há notícias que só no maior jornal de badminton
de Portugal se podem ler....


Última Hora

..

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Ranking Mundial - Pedro Martins sobe para a 293ª posição em singulares homens

Pedro Martins subiu esta semana mais 13 posições na tabela do ranking mundial de singulares homens. A listagem hoje divulgada pelo badminton World Federation coloca o português na 293ª posição com 4780 pontos, depois da participação de Pedro Martins na passada semana no 28º Open de Espanha, prova International Challenge. Apesar de não se ter qualificado para o quadro principal da prova, Pedro Martins somou mesmo assim 36 pontos importantes para participações em torneios futuros com vista à corrida para o Rio'2016. Já os seus colegas que o acompanharam a Madrid, Ricardo Silva e Ângelo Silva tiveram sortes diferentes. Ricardo Silva, representante português em Baku'2015, manteve-se a 683ª posição com 1130 pontos enquanto que Ângelo Silva desceu 28 lugares, estando esta semana na 880ª posição (660 pontos). Uma referência para a dupla Ricardo Silva/Ângelo Silva que desceu 3 posições, estando no 374º lugar. Esta será a dupla portuguesa que em Junho estará nos jogos Europeus de Baku'2015 a representar o badminton português.
Em senhoras, mesmo sem jogar, Telma Santos subiu 4 lugares colocando-se esta semana na 247ª posição com 5000 pontos. Já Sónia Gonçalves voltou a perder posições na tabela. A famalicense que fará companhia a Ricardo Silva e Ângelo Silva em Baku, desceu 6 posições e esta semana ocupa o 295º lugar da tabela de singulares senhoras com 4150 pontos. Fecha o pódio português a madeirense Helena Pestana com 550 pontos na 762ª posição (-1).
Long Chen da China continua a liderar a tabela masculina, enquanto que a indiana Saina Nehwal é pela 2ª semana consecutiva a líder em singulares femininos. Jan O Jorgensen (DEN) em singulares masculinos e Carolina Marin (ESP) em singulares femininos continuam a ser os melhores europeus, ambos em 3º lugar.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Internacionais de Riga iniciam-se amanhã com os portugueses Bernardo Atilano, Ricardo Silva e Pedro Martins

Inicia-se amanhã e até domingo, na Letónia os Internacionais de Riga 2015, competição Future Series, que este ano conta com a participação dos portugueses Pedro Martins, Ricardo Silva e Bernardo Atilano. Se para Pedro Martins e Ricardo Silva, competições de seniores no estrangeiro já não é novidade, para Bernardo Atilano será a sua estreia a nível de seniores fora de portas. 
Pedro Martins e Ricardo Silva tiveram entrada directa no quadro principal da competição de singulares, enquanto que Bernardo Atilano terá de passar pelas sempre complicadas qualificações. Já em pares homens, a dupla Ricardo Silva/Bernardo Atilano também tem garantido um lugar no principal quadro de competição. Finalmente em duplas mistas, Bernardo Atilano fará em Riga dupla com a checa Denise Sikalova, mas vai iniciar a prova nas qualificações, marcadas para amanhã. Asim apenas o lisboeta Bernardo Atilano estará em competição amanhã no National Armed Forces Sports Base. 
Entretanto já foi realizado o sorteio dos Internacionais da Lituânia 2015 (Future Series) que se realizam entre os dias 3 e 6 de Junho e que vão contar com a presença de Bernardo Atilano. Veja aqui o  Sorteio dos Internacionais da Lituânia  .

Singulares Homens
1ª ronda
10H20 - Bernardo Atilano vs Thomas Baures (FRA)
Pares Mistos
12H05 - Bernardo Atilano/Denise Sikalova (CZE) vs Thomas Baures/Margot Lambert (FRA)

Entrevista com... Mariana Leite, conduzida pelo Prof. Fernando Gouveia

Entrevista com...
Mariana Leite


Introdução - Mariana Leite, atleta Sub-17 do Che-Lagoense, natural de Caldas da Rainha e residente em Lagoa / Algarve, nascida a 3 de Julho de 1999 é estudante do estudante do 10ºano, na Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes, em Portimão.
Após, a 5ª Jornada Nacional, Mariana Leite encontra-se ordenada, no "Ranking Nacional / Sub-17", no 1º lugar em Singulares Femininos, em 1º lugar nos Pares Femininos, com a sua colega Mariana Chang e no 13º lugar em Pares Mistos, com o seu colega Miguel A. João. Na época desportiva de 2014 / 2015, Mariana Leite integrou, a Equipa Mista, que foi Campeã Nacional / Sub-17 e a Equipa Mista de Seniores, Campeã Nacional da 1ª Divisão e conquistou, o título de Campeã Nacional, em Pares Femininos e de Vice-Campeã, em Singulares, nos Campeonatos Nacionais Individuais. Mariana Leite foi a grande vencedora da 6ª Edição do Troféu Alberto Almeida, prémio instituído pelo blogue Linha & Finas /+ Badminton, com o patrocínio desde a 1ª edição de JMA-BadmintonSport, que premeia o empenho e o fair-play dos atletas não seniores ao longo de cada época desportiva, o que aconteceu, pala segunda vez. 



Fernando Gouveia - Quando começaste, a praticar Badminton e porquê? 
Mariana Leite - Pelo que os meus pais me contam, desde o tempo em que usava fraldas, uma raquete já andava na minha mão! O badminton sempre fez parte da minha vida, especialmente por influência do meu pai. 
FG - Qual a sensação por teres sido premiada, pelo bloque Linhas & Finas/+ Badminton?

ML - Sinceramente, não estava à espera. Como na época de 2011/2012 já tinha vencido, nunca esperei ganhar outra vez. Fiquei muito feliz pelo meu empenho ser reconhecido e quanto ao fair-play, adquiri do meu pai.
FG - Faz uma avaliação, à tua participação noa últimos Campeonatos Nacionais Individuais?

ML - Esta época foi de altos e baixos. Houve torneios em que me senti fisicamente e psicologicamente bem, e outros não tanto. Quanto ao Campeonato Nacional, não atingi o meu objetivo, ser Campeã Nacional, mas também não fiquei muito longe! Agora é preparar-me para a nova época.
FG - A Mariana, tal como todos os atletas é estudante. Como concilias estas duas actividades? Que conselho dás aos atletas, que se encontram na mesma situação?
ML - Até ao nono ano, sempre consegui facilmente conciliar as duas coisas, havia sempre algum “furo” no horário que dava para treinar. Este ano (10º) estou a ter mais dificuldades, estou a pensar muito bem no meu futuro e tenho de me assegurar, que mais tarde consiga arranjar um emprego que sustente a minha família, por isso, estou a empenhar-me mais na escola, o que por vezes deixa o badminton um pouco para “trás”. O conselho que dou é que, pensem muito bem no vosso futuro, pensem bem no que vos faz feliz e qual será o melhor caminho para alcançarem, o que mesmo querem e tal como disse anteriormente, tentem conseguir arranjar sempre um “furo” para fazerem o que mais gostam, basta quererem.
FG - E o que gostavas de ser em termos profissionais?
ML - Eu desde pequena que tenho uma paixão por medicina, por isso, de certeza que quero seguir algo relacionado com a saúde.
FG - Habitualmente quantas unidades de treino efectuas por semana, durante quanto tempo, quem é o teu treinador e qual a relação com ele?
ML - Normalmente, faço 4 treinos por semana, com a duração de duas horas. Os meus treinadores são o meu pai (António Pinto Leite) e a Dalila Belém, actualmente treino mais com o meu pai… Como era de esperar, o treinador que mais me relaciono é o meu pai, desde o princípio que está comigo e foi ele que me incentivou a jogar. A minha relação com a Dalila Belém também é bastante boa, sempre que preciso ela está lá!
FG - O que que mais gostas de treinar no Badminton?
ML - Quando estou com “as baterias carregadas” gosto de treinar multi-volantes rápidos, também gosto de treinar situações de pares.
FG - Quais os momentos de competição que consideras como inesquecíveis?
ML - O mais inesquecível é sem dúvida o meu primeiro torneio. Foi um Campeonato Nacional e como era de esperar, todos estavam a tentar alcançar o primeiro lugar do pódio, o que fez com que não tivessem piedade de mim. Levei uma “coça” enorme e até foi um pouco vergonhoso, mas sabe bem agora conseguir dar um pouco de luta.
FG - O que pensas, no futuro como atleta de Badminton?
ML - Se me perguntassem isto há uns anos atrás, diria que queria ser uma das melhores jogadoras da Europa (ou até mesmo do mundo) e que o meu sonho era conseguir a qualificação para os Jogos Olímpicos, agora já não. Quero que o badminton faça parte da minha vida o maior tempo possível, mas sei que é impossível o badminton ser o meu futuro. Cada vez menos apostam em nós e se apostam, rapidamente desistem… Se isto mudar, talvez o meu sonho volte a ganhar vida, mas por agora vou-me focar nos estudos.
FG -Tens algum familiar que jogue ou que tenha jogado Badminton?
ML - O único jogador que ainda pega numa raquete é o meu pai, mas a minha mãe, o meu irmão e os meus avós paternos também já jogaram
FG - Quais os objectivos para esta época e para 2015 / 2016?
ML – Desde que jogo, nunca consegui ser Campeã Nacional no primeiro ano de cada escalão, por isso, esse é um dos meus objectivos.
FG - Quais foram as principais competições que já disputaste? E quais as de maior sucesso?
ML - Já participei em torneios na Alemanha, Espanha e Dinamarca. Um, em que tive grande sucesso foi, o da Alemanha em que conquistei o segundo lugar, na prova de Singulares Senhoras. 
FG - Quando começaste a treinar imaginaste, que eventualmente terias o potencial que tens vindo a demonstrar?
ML - Não. Sempre me disseram que tinha tudo para ser uma óptima jogadora, mas quando comecei a participar em torneios, nem dos zonais passava! Apenas nos últimos dois anos, em Sub-11 é que comecei a perceber, que não era assim tão má, mas nunca me passou na cabeça que conseguisse ser uma das melhores de Portugal.
FG - Qual é a importância do desporto na tua vida?
ML - Por muito, que pensem o contrário, o desporto é fundamental na minha vida. Sempre que não faço, fico stressada e é por vezes uma forma de me abstrair dos problemas. Não deixar de lado, o facto de ser uma coisa essencial para a nossa saúde física.
FG - Em menos de um ano já venceste algumas competições, a que se deve estes belos resultados?
ML - Definitivamente ao incentivo e apoio do meu pai! Mesmo naqueles momentos, em que me apeteceu desistir, ele esteve lá para me levantar. Também é o treinador que me conhece melhor, logo ajuda me a corrigir erros de jogo e a melhorar o meu desempenho. 
FG - Gostarias de fazer algum tipo de agradecimento?
ML - Em especial quero agradecer ao professor Gouveia, por se lembrar de nós, espero que todas estas entrevistas incentivem as pessoas a jogar badminton, pois é uma modalidade muito divertida. Também quero agradecer aos meus treinadores e colegas de equipa por todo o suporte, especialmente aos meus parceiros de Seniores (Dalila Belém e Ricardo Silva), pois dão-me a oportunidade de jogar com atletas de um nível muito superior e também porque com eles já aprendi muita coisa.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Campeonato da Europa de Clubes 2015 - CHELagoense integrado do Grupo #2

Já foi realizado o sorteio do Campeonato da Europa de Clubes 2015, com a participação de 14 equipas de 13 países (a França como pais organizador tem direito a colocar duas equipas). A competição realiza-se este ano na cidade de Tours em França, entre os dias 10 e 14 de Junho e conta este ano uma vez mais, e por direito próprio, com a participação da equipa algarvia da CHELagoense, que em Fevereiro último se sagrou Campeã Nacional de Equipas Mistas. 
O sorteio foi realizado no passado dia 18 de Maio tendo a equipa do Parchal colocada no Grupo #2, juntamente com as equipas do BC Chambly Oise de França, 2ºs cabeças de serie e ainda com os espanhóis do CB Oviedo. O grande objetivo da equipa lusa será sem dúvida a passagem à segunda fase da prova (1/2 Finais). 
Este é o 3º ano consecutivo em que a competição se disputa em França, e os russos do Primory, 1ºs cabeças de serie, irão tentar a 6ª vitória na prova, 4ª consecutiva.
João Fragoso será o representante da arbitragem portuguesa na competição, depois de ter sido convocado pelo Badminton Europe. 
Veja aqui no Sorteio e calendário todos os grupos e horários dos encontros. 

segunda-feira, 25 de maio de 2015

1º Curso intensivo de Badminton promovido pela Associação Desportiva Serpinense decorreu este fim de semana



Foi com boa adesão que decorreu este fim de semana, no pavilhão da Associação Desportiva Serpinense, o 1º Curso intensivo de Badminton. Esta modalidade, uma das mais praticadas a nível mundial, continua, dentro de portas, a ser desconhecida do grande público.
O curso contou com a orientação do Prof. Paulo Pinheiro e dividiu-se em duas fases – Iniciação e Competição, tendo um total de 4 sessões. A 1ª embora aberta aos mais crescidos, teve como público alvo as crianças do 1º ciclo e debruçou-se sobre as metodologias de iniciação (pegas de raquete, postura, equilíbrio e coordenação). Interessante foi ver como o uso de balões pode facilitar a aprendizagem das técnicas básicas de batimento, criando formas lúdicas de incentivo aos mais novos.
A 2ª sessão, a mais dura física e psicologicamente, focou-se nas movimentações em campo e na importância destas para uma economia e melhor percepção do espaço, assim resultando num mais afinado desempenho dos atletas em jogo.
A 3ª sessão teve uma componente mais prática, facultando material para treino, desde sequências a dois e três elementos, exercícios multi-volante e mistos, aspectos tácitos e técnicos de jogo.
As modalidades de pares foram o assunto da última sessão. As tácitas de jogo e a partilha de espaço variam entre os pares mistos e homens ou senhoras, devendo além disso ser adequados aos elementos da equipa. Abordaram-se ainda propostas mais lúdicas de treino, onde o factor equipa joga o papel principal.
Houve ainda tempo para uma breve abordagem ao tema, resistência e potência muscular, no ginásio anexo ao pavilhão, com uma apresentação dos exercícios adequados à modalidade, que dada a sua diversidade de movimentos, requer uma estrutura muscular globalmente resistente e capaz de desempenhar bem nos picos de ação, porém mantendo a flexibilidade necessária à rapidez dos movimentos e deslocações.
Por último, frisar ainda a boa atitude e empenho dos atletas envolvidos neste curso, os bons momentos de convívio entre todos os participantes – atletas, familiares, coordenador e orientador e o profissionalismo e dedicação do orientador do curso.

Fonte e fotos : ADS

domingo, 24 de maio de 2015

NO ALTO E NO BAIXO DA SEMANA

NO ALTO E NO BAIXO DA SEMANA

No Alt0
CAMPEÕES NACIONAIS DE NÃO SENIORES 2014/15
- O sonho tornou-se realidade para todos os novos campeões nacionais 2014/15... que viram agora concretizado o seu esforço e dedicação ao longo da temporada. Muito trabalho, muito suor e dor... mas valeu a pena e vai continuar a valer. Parabéns para todos onde se incluem os seus treinadores e responsáveis pelos clubes.

VICE CAMPEÕES NACIONAIS 
- Apenas um pode ganhar. Os que perderam nas finais de hoje foram dignos vencidos e enalteceram ainda mais as vitórias dos vencedores. Também para eles os nossos parabéns.

Em Baixo
---

Pablo Abian vence em casa - Espanhol conquista 28ºs Internacionais de Espanha

Pablo Abian conquistou este domingo em singulares homens os 28ºs Internacionais de Espanha, competição International Challenge de 15,000 USD. O espanhol que começou este torneio na 64ª posição do ranking mundial começa assim da melhor maneira a sua corrida com vista aos Jogos Olímpicos Rio'2016. Na final Pablo Abian derrotou o 5º cabeça de serie Rasmus Fladberg da Dinamarca naquela que foi a final mais equilibrada em Madrid.
Já a sua compatriota Beatriz Corrales, acabou derrotada na final pela americana Iris Wang, igualando a mesma posição alcançada o ano passado pela "Super" Carolina Marin. Lembramos que em Espanha estiveram os atletas Pedro Martins, Ricardo Silva e Ângelo Silva que acabaram por não passar das qualificações, e também um quinteto de árbitros onde se destacaram os Internacionais e acreditados pelo Badminton Europe João Fragoso e João Lopes, mas onde estiveram também muito bem Celisa Monteiro, João Madeira e Bruno Madeira.
Confira os restantes vencedores no quadro em baixo.

Campeões Nacionais individuais de Não Seniores 2014/15 já são conhecidos

Miguel Rocha e Mariana Chang fizeram
a "Tripleta"
Realizou-se este fim de semana no CAR das Caldas da Rainha o Campeonato Nacional Individual de Não Seniores. Depois de uma época desgastante, este era o fim de semana de concretização dos sonhos e consagração para aqueles que viriam a tornar-se campeões nacionais da temporada 2014/15. Muito empenho, muito fair-play e no final sorrisos para uns, lágrimas para outros. O desporto é assim mesmo e o badminton não foge à regra. Parabéns a todos os que competiram ao longo de 8 meses, quer nos zonais, quer nas provas nacionais, pois mesmo, os que não marcaram presença entre os melhores, foram importantes para que a competição tivesse lugar. Do Minho ao Algarve, da Madeira aos Açores, foram mais de cinco centenas de atletas em competição, mas no final apenas há um vencedor por escalão e prova.  
Em sub11, Tiago Mendes (CAO) que correu a época inteira atrás de Daniel Duarte (CHEL) acabou por triunfar na prova mais importante da temporada, sagrando-se o novo campeão nacional de sub11 em singulares homens. O mesmo não aconteceu em singulares senhoras com a penichence Margarida Cabaço (CSM) a ser igual a si própria e a garantir o titulo nacional, depois de ter já ganho todas as provas do circuito nacional esta temporada.
No escalão sub13, e como era expectável, António Neves (CHEL) garantiu o titulo nacional de singulares homens, enquanto que a madeirense Ana R Fernandes (CSMA) triunfou em singulares senhoras. Dois triunfos já esperados pela qualidade do badminton apresentado por estes dois atletas ao longo da temporada. António Neves e Mariana Afonso (CAD) garantiram ainda o titulo nacional de pares mistos, enquanto que Ana R Fernandes e Cláudia Lourenço triunfaram em pares senhoras. Já em pares homens o "cedro" nacional foi entregue a David Silva/Pedro Martins (CHEL)
A competição de sub15 foi a mais equilibrada onde apenas João Chang repetiu um dos titulos em disputa. O madeirense Kevin Selvarajah (CSMA) e  Inês Pardilhó (NGD) sagraram-se campeões nacionais, respectivamente em singulares homens e senhoras. João Chang (CHEL)/Rodrigo Almeida (CA) triunfaram em pares homens e o mesmo João Chang (CHEL) fazendo dupla com Ana C Marques (NGD) sagraram-se campeões nacionais de pares mistos. Já Maria I Couto (CA)/Teresa Lopes (CDCE) venceram em pares senhoras.
O escalão sub17, foi completamente dominado por Miguel Rocha e Mariana Chang, ambos atletas da CHELagoense. Ambos conquistaram a "tripleta", o mesmo é dizer que venceram nas três provas em que participaram. Para além de singulares, Miguel Rocha triunfou em pares homens com Carlos Silva (CHEL) e pares mistos com Mariana Chang. Já a alfacinha que representa a CHELagoense , triunfou em singulares, pares senhoras com Mariana Leite e pares mistos com Miguel Rocha. 
No escalão sub19, o destaque vai para Bernardo Atilano (NGD), que depois de vencer na passada semana a sua 1ª prova do circuito nacional de seniores (absolutos), sagrou-se este fim de semana campeão nacional em singulares homens e pares homens. Bernardo Atilano e Duarte Anjo (CDRP) acabaram por ganhar a aposta feita no inicio da temporada quando ambos decidiram fazer dupla, quer a nível interno, quer a nível internacional. Num duelo que colocou frente a frente duas das atletas já premiadas por este blogue como "Atletas revelação do Ano", Gabriela Pereira da Associação Académica de Espinho, levou a melhor sobre Daniela Conceição (CHEL) conquistando assim o titulo nacional de singulares senhoras. Destaque ainda neste escalão para a dupla feminina Maria M. Rodrigues (SIMPS)/Verónica Amador (NST) que apareceram neste nacional em excelente forma, conquistando o tão desejado título nacional, surpreendendo toda a concorrência. Finalmente em pares mistos a vitória e o titulo nacional foi para a dupla Ângelo Silva (CHEL)/Ana Dias (AAC). Todas as fotos dos campeões nacionais de não seniores podem ser vistas no Facebook do Blogue Linhas & Finas/+badminton.


 Finais Campeonato Nacional
Campeão Nacional e Vice-campeão
Sub11
Singulares Homens
Tiago Mendes (CAO) venceu Daniel Duarte (CHEL) por  2-18/21-17
Singulares Senhoras
Margarida Cabaço (CSM) venceu Carolina Mendes (CAO) por 21-12/21-10
Sub13
Singulares Homens
António Neves (CHEL) venceu David Silva  (CHEL) por  17-21/21-16/21-9 (RET)
Singulares Senhoras
Ana R Fernandes (CSMA) venceu Cláudia Lourenço (CDRP) por 21-11/21-10
Pares Homens
  Pedro Martins/David Silva (CHEL) venceram António Neves/David Duarte (CHEL) por 18-21/21-11/21-16
Pares Senhoras
Ana R Fernandes (CSMA)/Cláudia Lourenço (CDRP) venceram Joana Pereira/Mariana Afonso (CAD) por 21-13/19-21/21-7  
Pares Mistos
António Neves (CHEL)/Mariana Afonso(CAD) venceram Nuno Gomes/Ana R Fernandes (CSMA) por 14-21/21-15/24-22
Sub15
Singulares Homens
Kevin Selvarajah (CSMA)  venceu João Chang (CHEL)  por 21-15/13-21/21-18
Singulares Senhoras
Inês Pardilhó (NGD) venceu Teresa Lopes (CDCE) por 16-21/21-10/21-18
Pares Homens
João Chang (CHEL)/Rodrigo Almeida (CA)  venceram  Kevin Selvarajah/Tiago Andrade (CSMA) por 21-15/22-20
Pares Senhoras
 Maria I Couto (CA)/Teresa Lopes (CDCE) venceram Ana C Marques/Inês Pardilhó (NGD) por 21-11/21-13
Pares Mistos
João Chang (CHEL)/Ana C Marques (NGD) venceram Francisco Pires/Beatriz Godoi (CDCE) por 17-21/21-14/21-15
Sub17
Singulares Homens
Miguel Rocha (CHEL) venceu  Carlos A Silva (CHEL) por 21-8/21-8
Singulares Senhoras
Mariana Chang (CHEL) venceu Mariana Leite (CHEL) por 21-14/21-14
Pares Homens
Miguel Rocha/Carlos Silva (CHEL) venceram Gonçalo Almeida (CA)/Pedro Lopes (AAE) por 19-21/21-11/21-13
Pares Senhoras
Mariana Chang/Mariana Leite (CHEL) venceram  Adriana Gonçalves/Catarina Martins (FAC) por 17-21/24-22/21-11
Pares Mistos
Miguel Rocha/Mariana Chang (CHEL) venceram Carlos Silva/Beatriz Cristina (CHEL) por 21-11/21-14
Sub19
Singulares Homens
Bernardo Atilano (NGD) venceu Ângelo Silva (CHEL) por 21-15/22-20
Singulares Senhoras
Gabriela Pereira (AAE) venceu Daniela Conceição (CHEL) por  25-27/21-19/21-18
Pares Homens
Bernardo Atilano (NGD)/Duarte Anjo (CDRP) venceram Ângelo Silva/Ricardo Silva (CHEL) por 21-16/21-18
Pares Senhoras - Poule
Maria M Rodrigues (SIMPS)/Verónica Amador (NST) venceram Ana Albuquerque (NST)/Ana Dias (AAC) por 21-9/21-18
Pares Mistos
 Ângelo Silva (CHEL)/Ana Dias (AAC) venceram Ricardo Silva/Daniela Conceição (CHEL) por 21-19/16-21/21-17

Magazine Badminton da Federação Portuguesa de Badminton - 50ºs Internacionais de Portugal


sábado, 23 de maio de 2015

Campeonato Nacional de Não Seniores - Apurados os semi-finalistas

Está encerrado o 1º dia dos Campeonatos Nacionais de Não Seniores cujas meias-finais e finais se realizam respectivamente na manhã e na tarde de amanhã. A competição decorre no Centro de Alto Rendimento para o Badminton nas Caldas da Rainha e amanhã será o dia de todas as decisões. Relativamente aos apurados para as 1/2 finais, as maiores surpresas aconteceram no escalão sub19, com Daniel Mendes (CAO) a surpreender Ricardo Silva (CHEL) que esteve na passada 5ª feira em Madrid nas qualificações dos Internacionais de Espanha 2015, e João Alves (NGD) que ultrapassou Duarte Anjo (CDRP), ainda não totalmente recuperado da lesão que incomodado nos últimos meses. Uma palavra também para as gémeas açoreanas Beatriz e Maria Dâmaso (ABT) que conseguiram passagem para as 1/2 finais de pares senhoras em sub17. As meias-finais do nacional individual de não seniores tem inicio às 9H30 da manhã e as finais estão agendadas para as 14 horas.



Meias Finais 
Sub11
Singulares Homens - Fase Final
Daniel Duarte (CHEL) vs Tiago Silva (CAD) 
Eduardo Venâncio (CHEL)  vs Tiago Mendes (CAO
Singulares Senhoras - Fase Final
Margarida Cabaço (CSM) vs Raquel Alvares (CSMA)
Madalena Fortunato (MVD) vs Carolina Mendes (CAO)
Sub13
Singulares Homens
António Neves (CHEL) vs David Duarte(CHEL) 
David Silva  (CHEL) vs Pedro Martins (CHEL)
Singulares Senhoras
Mariana Afonso (CAD) vs Cláudia Lourenço (CDRP)
Mariana Neves (AAE) vs Ana R Fernandes (CSMA)
Pares Homens
  Pedro Martins/David Silva (CHEL) vs António Lisboa (EDFL)/Tiago Mendes (CAO)
Nataniel Alvares/Nuno Gomes (CSMA) vs António Neves/David Duarte (CHEL) 
Pares Senhoras
Joana Pereira/Mariana Afonso (CAD) vs Ana Bergamo/Nara Silva (CHEL)
Leonor Costa (CFBG)/Mariana Neves (AAE) vs Ana R Fernandes (CSMA)/Cláudia Lourenço (CDRP) 
Pares Mistos
Nuno Gomes/Ana R Fernandes (CSMA) vs Tiago Mendes (CAO)/Margarida Cabaço (CSM)
António Neves (CHEL)/Mariana Afonso(CAD) vs  António Lisboa/Margarida Eduardo (EDFL) 
Sub15
Singulares Homens
Tomás Correia (CREA) vs João Chang (CHEL)
Hugo Jorge (CAO) vs Kevin Selvarajah (CSMA)
Singulares Senhoras
Inês Pardilhó (NGD) vs Constança Soares (CDCE) 
 Maria I Couto (CA) vs Teresa Lopes (CDCE)
Pares Homens
João Chang (CHEL)/Rodrigo Almeida (CA)  vs Francisco Oliveira/João Fernandes (AAC)
Francisco Claro/Rodrigo Laranjo (CAD) vs Kevin Selvarajah/Tiago Andrade (CSMA)
Pares Senhoras
 Maria I Couto (CA)/Teresa Lopes (CDCE) vs  Joana Eduardo (EDFL)/Mafalda Henriques (CAD)   
 Ana C Marques/Inês Pardilhó (NGD) vs Beatriz Godoi/Constança Soares (CDCE)
Pares Mistos
João Chang (CHEL)/Ana C Marques (NGD) vs Simão Ferreira/Inês Pardilhó (NGD)
Gonçalo Gomes/Joana Eduardo (EDFL) vs Francisco Pires/Beatriz Godoi (CDCE) 
Sub17
Singulares Homens
Miguel Rocha (CHEL) vs Ruben Figueiredo (CHEL)
Carlos A Silva (CHEL) vs Marco Jorge (CAO)
Singulares Senhoras
Mariana Leite (CHEL) vs  Catarina Silva (ESDMII)
Mariana Chang (CHEL) vs Adriana Gonçalves (FAC) 
Pares Homens
Miguel Rocha/Carlos Silva (CHEL) vs Alexandre Batista/Mário Fonseca (CDCE)
Francisco Mendes/Pedro Santos (CREA) vs Gonçalo Almeida (CA)/Pedro Lopes (AAE)
Pares Senhoras
Mariana Chang/Mariana Leite (CHEL) vs Beatriz Cristina (CHEL)/Joana Medeiros (CSM)
Beatriz Dâmaso/Maria Dâmaso (ABT) vs Adriana Gonçalves/Catarina Martins (FAC)
Pares Mistos
Miguel Rocha/Mariana Chang (CHEL) vs Guilherme Ferreira/Rita Campos (MVD)
  Carlos Silva/Beatriz Cristina (CHEL) vs Miguel João/Mariana Leite (CHEL)
Sub19
Singulares Homens
Bernardo Atilano (NGD) vs Daniel Mendes (CAO)
Ângelo Silva (CHEL) vs João Alves (NGD)
Singulares Senhoras
Gabriela Pereira (AAE) vs Maria M Rodrigues (SIMPS)
Beatriz Ferreira (MVD) vs Daniela Conceição (CHEL)
Pares Homens
Bernardo Atilano (NGD)/Duarte Anjo (CDRP) vs Daniel Mendes (CAO)/Hugo Vasconcelos (CDRP)
João Primo/Miguel Marques (NGD) vs Ângelo Silva/Ricardo Silva (CHEL) 
Pares Senhoras - Poule
Gabriela Pereira/Joana Lopes (AAE) vs Ana Albuquerque (NST)/Ana Dias (AAC)
Maria M Rodrigues (SIMPS)/Verónica Amador (NST) vs Beatriz Ferreira (MVD)/Daniela Conceição (CHEL)
Pares Mistos
Ricardo Silva/Daniela Conceição (CHEL) vs João Alves (NGD)/Ana Albuquerque (NST)
Nicolai Anderleen (JAC)/Maria M Rodrigues (SIMPS) vs Ângelo Silva (CHEL)/Ana Dias (AAC)

Todos os resultados aqui

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Campeonato Nacional de Não Seniores realiza-se já este fim de semana

No próximo domingo muito perto das 17 horas já serão conhecidos os Campeões Nacionais de Não Seniores. A competição realiza-se este fim de semana no Centro de Alto Rendimento para o Badminton nas Caldas da Rainha.  De norte a sul do continente e ainda das regiões autónomas da Madeira e dos Açores  são mais de duas centenas de atletas que garantiram um lugar entre os melhores para discutirem os 22 títulos nacionais em disputa. São muitos os favoritos,  numa prova que se espera com muito Fair-Play e muito disputada entre todos os atletas dos  escalões de sub11 a sub19, nesta que é a prova Rainha do Badminton Individual em Portugal para os escalões não seniores. Pode acompanhar todos os resultados ao longo do fim de semana através do Tournamentsoftware da Federação Portuguesa de Badminton.

Entrevista com... Gonçalo Almeida conduzida pelo Prof. Fernando Gouveia

Entrevista com...Gonçalo Almeida

Introdução - Gonçalo Almeida, atleta Sub-17 do Clube de Albergaria, natural e residente em Aveiro, nascido a 1998 é estudante do 11º ano, na Escola Secundária Dr. Mário Sacramento. Após, a 5ª Jornada Nacional, Gonçalo Almeida encontra-se ordenado, no "Ranking Nacional / Sub-17", no 3º lugar em Singulares Masculinos e em 2º lugar nos Pares Masculinos, com Pedro S. Lopes (AAE) e no 21º em Pares Mistos, com Catarina Silva (ESDMII).




Fernando Gouveia - Começaste por praticar Ténis, mas agora estás nas competições de Badminton. Como e porque foi, essa mudança e quais as diferenças, entre as duas modalidades?
Gonçalo Almeida - Comecei desde muito cedo (5 anos) a praticar ténis e joguei até aos meus 12 anos, tendo assim jogado 7 anos em que até tinha alguns bons resultados. Mas isso não foi suficiente para me prender por mais tempo no ténis pois havia muitos aspectos negativos como o facto de não haver sítios cobertos em Aveiro para o praticar. O meu interesse repentino, pelo Badminton deve-se ao facto de gostar imenso deste desporto e poder pratica-lo o ano todo, sendo que os torneios nunca são cancelados devido ao mau tempo.
FG - O que é para ti, o Badminton?
GA - Para mim, o Badminton é um desporto incrível e muito completo, não só ao nível físico como também a nível psicológico. Já faz parte de grande parte da minha vida e do meu dia-a-dia, sendo assim o desporto que mais gosto.
FG - O Gonçalo tal como todos os atletas é estudante. Como concilias estas duas actividades? Que conselho dás aos atletas, que se encontram na mesma situação?
GA - Não é fácil de conciliar as duas actividades principalmente quando se tem objectivos elevados nas duas. E muitas vezes o pior é que nos momentos em que temos mais torneios é quando também temos mais testes dificultando assim ainda mais. Eu tento ser o mais organizado possível e aproveitar ao máximo o tempo de treino e o tempo de estudo. É este o concelho que dou, é serem organizados e produtivos.
FG - E o que gostavas de ser em termos profissionais?
GA – Um dia gostaria de ser Gestor de Empresas.
FG - Habitualmente quantas unidades de treino efectuas por semana, durante quanto tempo e quem é o teu treinador?
GA - Como comecei mais tarde que a maioria dos jogadores tenho necessidade de treinar mais para conseguir estar ao nível deles e devido a isso treino 6/7 vezes por semana de treino em campo de aproximadamente 1h45min e 1/2 vezes de treino físico com a duração de pouco mais de 1 hora
FG - O que que mais gostas de treinar no Badminton?
GA - No Badminton o que eu mais gosto de treinar é a consistência, mas o que eu gosto mesmo é de fazer jogos.
FG - Quais os momentos de competição que consideras como inesquecíveis?
GA - O momento que mais me marcou foi de na época do meu último ano de sub-15 ter sido Vice-Campeão Nacional, na prova de singulares, tendo sido este o primeiro ano que tinha começado a treinar mais intensivamente.
FG - O que achas da relação entre os atletas da CA e os adversários de outros clubes?
GA - Em geral os atletas do CA dão-se bem com todos os outros clubes, há é sempre amizades mais fortes que outras.
FG - Queres deixar uma mensagem para todos os que estejam a pensar praticar Badminton, no teu clube?
GA - Acho que é uma excelente ideia porque o espírito vivido dentro do clube de Albergaria é indescritível, somos um grupo fantástico e todos são bem vindos, além de que o Badminton é sempre bom jogar.
FG - O que consideras fundamental, para o desenvolvimento, do Badminton no CA e em Portugal?
GA - No Badminton do CA, o mais importante era arranjar um pavilhão, na cidade de Aveiro onde pudéssemos treinar todos os dias, pois, a maior parte dos atletas são de Aveiro. E é claro que mais apoios também facilitariam o seu desenvolvimento. Na minha opinião, o mais importante em Portugal, além de mais apoios, era a junção dos melhores atletas no, CAR de modo a evoluírem mais depressa e Portugal conseguir, assim competir com os outros países.
FG -Tens algum familiar que jogue ou que tenha jogado Badminton?
GA - Sim, a minha avó materna já tinha jogado e actualmente o meu irmão também pratica.
FG - Quais os objectivos para esta época e para 2015 / 2016?
GA - Os meus objectivos este ano, passam por ser Campeão Nacional, a singulares e a pares masculinos, com o Pedro S. Lopes, sendo estes dois bastante difíceis de alcançar por isso já ficaria bastante satisfeito, se conseguisse ir a ambas as finais. A próxima época vai ser muito complicada, por isso os meus objectivos são ir às meias-finais, nas três provas e se possível, em alguma passar à final, no Campeonato Nacional.
FG - Quais foram as principais competições que já disputaste? E quais as de maior sucesso?
GA - As principais competições que já participei foram, as duas últimas edições dos Campeonatos Internacionais Juniores de Portugal e também um torneio em Gijón a época passada, mas a de maior sucesso foi mesmo, o Campeonato Nacional, no meu último ano de Sub-15.
FG - Quando começaste a treinar imaginaste que eventualmente terias o potencial que tens vindo a demonstrar?
GA - Não, nunca pensei que pudesse atingir estes resultados em tão pouco tempo.
FG - Qual é a importância do desporto na tua vida?
GA - O desporto para mim é muito importante não só como ocupação de tempos livres como também me dá bases importantes, para aplicar em vários níveis no meu dia a dia.
FG - A humildade e o trabalho são os segredos dos campeões?
GA - Sim, sempre acreditei que sim pois sem trabalho não se chega a lado nenhum e quanto mais trabalharmos melhores resultados teremos, e isto aplica- se não só ao Badminton, como a tudo o resto. Nunca devemos entrar no jogo a pensar que somos melhores, que o adversário, mas devemos sempre entrar no campo respeitando o adversário e dando sempre o nosso máximo, por isso sim, a humildade é sem dúvida, também muito importante.
FG - Em menos de um ano já venceste algumas competições, a que se deve estes belos resultados?
GA - Estes resultados devem se a bastante trabalho, sacrifício e muitas vezes da abdicação de algumas coisas, que gostaria de fazer mas não posso. ou porque tenho torneio ou treino e muitas vezes de passar menos tempo com a família ou os meus amigos.
FG - Gostarias de fazer algum tipo de agradecimento?
GA - Sim, em primeiro lugar gostaria de agradecer, ao professor Gouveia não só por esta entrevista mas por também, juntamente com a professora Manuela Samagaio, me terem mostrado o Badminton e treinado, no meu primeiro ano. Queria também fazer um enorme agradecimento ao meu excelentíssimo treinador Jorge Pitarma, por tudo o que ele tem feito por mim nestes últimos anos, sem ele não estaria a fazer esta entrevista hoje. Outro agradecimento para o capitão Ricardo Silva, pelos ensinamentos e ao meu irmão e ao João Vieira, porque muitas vezes treinamos sozinhos e ainda ao Paulo Gonçalves pela ajuda na parte física. Não podia deixar de agradecer ao meu amigo/patrocinador Tim Willis (YONEX), pelo apoio em material e também ao “patrocínio” (Gelados de Portugal). Como não podia deixar de ser quero deixar, um grande obrigado á grande família do CA por todos os momentos vividos. E para finalizar, um grande obrigado aos meus pais por todo o apoio, que me dão e por confiarem em mim. E sem me esquecer também de agradecer, ao meu parceiro Pedro S. Lopes.